Sábado, 23 de Março de 2019

Buscar  
Saúde

Publicada em 22/02/19 às 10:08h - 19 visualizações
2 milhões de camisinhas para os 223 municípios paraibanos durante o carnaval

A Rádio da Cultura - Aparecida PB


 (Foto: Divulgação)

A Secretaria de Estado da Saúde (SES), por meio da Gerência Operacional das IST/HIV/aids/hepatites virais, está distribuindo 2 milhões de preservativos masculinos (camisinhas), com os 223 municípios paraibanos, para o período de carnaval.

“Até esta sexta (22), as Gerências Regionais de Saúde estão sendo abastecidas com camisinhas, para oportunizar aos foliões ou não o acesso aos preservativos. As pessoas podem buscar a camisinha nos serviços de saúde durante a semana e não precisa passar por nenhuma consulta. Basta pegar na recepção a quantidade que necessitar”, explicou a gerente operacional das IST/HIV/aids/hepatites virais, Ivoneide Lucena.

A gerente informa que outras ações desse período começam nesta quinta-feira (21), às 18h30, no Ponto de Cem Reis, na abertura da prévia carnavalesca Folia de Rua, com o bloco Clementino Folia, do Complexo Hospitalar Clementino Fraga (CHCF), referência estadual no combate às doenças infectocontagiosas.

O bloco estará, pelo oitavo ano, distribuindo preservativos e gel lubrificante aos foliões e terá ação de sensibilização e prevenção de Infecções Sexualmente Transmissíveis. Ocorrerá a distribuição de 50 mil preservativos e cerca de 30 mil unidades do gel lubrificante, beneficiando milhares de foliões da capital.

Aids entre jovens – Nos últimos anos, está havendo um aumento assustador de novos casos de aids entre jovens de 15 a 29 anos. No período de 2007 a 2018, houve um aumento de 300%. Em 2019, já foram notificados sete novos casos na Paraíba.

“Esse aumento acontece devido a ausência de medo da Aids e da desinformação por parte desses jovens do que realmente a doença pode causar na vida. Acham que não mata mais; que o tratamento é tranquilo e ainda que não vai acontecer com ele”, observou Ivoneide Lucena.

Ela faz um alerta aos jovens. “Um dos agravantes da Aids é que em festas como o carnaval, os jovens fazem uso de álcool e outras drogas; se acham forte e imune à doença. Pela aparência de pessoa forte acha que está saudável, o que é um grande erro. Não é à toa que os números de jovens com Aids aumentam cada vez mais”, concluiu.




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário
Redes Sociais


Hora Certa

No Ar


Nenhuma programação cadastrada
para esse horário




Peça sua Música


Nenhuma pedido cadastrado


Publicidade Lateral
Top Música
1
Escreve aí
Luan Santana
2
Amor Infinito
Bonde do Brasil
3
Desejo de Amar
Mumuzinho (Part. Carolina Dickmann)
4
Mudando de Assunto
Henrique e Juliano
5
Os Anjos Cantam
Jorge e Mateus
6
Raridade
Anderson Freire
7
Você Mente
Zé Felipe
8
Hoje eu Tô Terrível
Cristiano Araújo
9
Oceano
Banda Encatu`s
10
Que Mal Te Fiz Eu?
Gusttavo Lima
Estatísticas
Visitas: 254671 Usuários Online: 28


Bate Papo

Digite seu NOME:


Parceiros

A Rádio mais comunitária da Paraíba!!!
Copyright (c) 2019 - A Rádio da Cultura - Aparecida PB - Todos os direitos reservados